Um pouco de Notícias e Café!!

Cão guia seu dono até a beira de um lago e chegando lá ele fica em choque com o que vê boiando


Como dizem, o cão é o melhor amigo do homem, e alguns ganham o até o mérito de salvarem vidas, como nesse caso emocionante. Leela era o nome desta cadelinha que amava muito sua família e provou que é capaz de dar a sua vida por qualquer um dos membros da família. A cachorra salvou a vida de de um bebê de apenas dois anos, que estava a beira da morte. Esse caso emocionante aconteceu na Austrália.

Quando esse incidente aconteceu a família não estava por perto, então Leela tentou sozinha salvar o garotinho sozinha e também sua vida. Ela estava toda molhada e junto do bebê, mas seu esforço não conseguia tirar ele do local. Então ela saiu correndo desesperada para avisar a família Kenney, sobre o afogamento de um de seus filhos.

Com o aviso de Leela, a família conseguiu salvar o garoto, que estava quase morto. No hospital, os médicos informaram a família que foi um verdadeiro milagre a cachorra estar por perto, se o garoto ficasse mais 5 minutos na água, eles iriam encontrar ele morto.

A família relatou que quando viu Leela toda molhada, teve a certeza que algo de ruim havia acontecido: “Eu conheço muito bem a minha cadela, quando a vi daquele jeito sabia logo que o Alexender estava em dificuldades”. Após ser resgatado da água, a ambulância demorou a chegar no local e o bebê entrou em coma e permaneceu assim por cerca de 36 horas.

Os médicos falaram para os pais da criança que ele poderia nunca mais ser o mesmo, ou que o pior acontecesse, mas ele lutou pela sua vida todos os dias que esteve internado, após quase 49 horas depois, ele saiu do coma e já respirava sem ajuda de aparelhos. Os médicos falaram para a família que foi um verdadeiro milagre e que se a cachorra não tivesse agido tão rápimente, eles teriam perdido um filho. Leela foi uma verdadeira heroína.

Esses protetores sempre nos mostram que são os melhores amigos do homem.

 

O que você achou? Deixe seu comentário.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO